Paraíba é cenário do Jet Tour Sea-Doo neste domingo

Passeio para motos aquáticas revela as belezas dos arredores de João Pessoa, incluindo o Rio Paraíba.
Fonte: Mundo Press

As belezas da Paraíba serão plano de fundo para o Jet Tour Sea-Doo deste domingo. O passeio para motos aquáticas de todas as marcas irá navegar pelos arredores da capital João Pessoa, incluindo mar e o Rio Paraíba. Haverá test drive com os produtos da Sea-Doo no sábado, e a base das atividades será a Marina do Alemão, em Areia Dourada.

“A região é muito bonita. Vamos começar o passeio por mar em direção ao Rio Paraíba, que possui diversas opções de caminhos. É como se fossem trilhas dentro do rio”, comparou Leandro Carvalho, da Big Toys, concessionária dos produtos BRP na Paraíba – o que inclui as motos aquáticas da Sea-Doo. “O passeio deve ter cerca de duas horas de duração”, complementou.

Os interessados em participar das atividades do final de semana devem efetuar inscrição por meio do telefone (83) 3246-0183. A organização do Jet Tour Sea-Doo exige o uso dos equipamentos de segurança e a apresentação da habilitação náutica por parte dos pilotos. A Sea-Doo patrocina a campanha Navegue Seguro, da Marinha do Brasil, a qual trabalha a conscientização sobre o uso responsável das motos aquáticas.

Publicado em BRP Sea-Doo, Jet Tour Sea-Doo, Sea-Doo jet Com a tag , , , , , |

Check List “Navegue Seguro”

Antes de colocar a sua moto aquática na água, confira as dicas do nosso Check List :: Navegue Seguro :: uma campanha da Marinha do Brasil em parceria com SEA-DOO, que promove a utilização consciente, para garantir a segurança de todos! E muitos momentos felizes a bordo do seu SEA-DOO!

Clique na imagem abaixo para ampliar:

Publicado em BRP Sea-Doo, Sea-Doo jet Com a tag , , , , |

Orla pernambucana inspira passeio para motos aquáticas neste sábado

Roteiro do Jet Tour Sea-Doo explora as praias dos arredores da capital Recife.
Fonte: Mundo Press

Foto: Divulgação - Da Fonte Náutica/BRP

A orla pernambucana serviu de inspiração para o Jet Tour Sea-Doo deste sábado. O roteiro do passeio para proprietários de motos aquáticas de todas as marcas explora as praias dos arredores da capital Recife, de Maria Farinha, em Paulista, até a Marina Seleta, no Paiva, em Jaboatão dos Guararapes.

“A movimentação está grande, aguardamos um grupo expressivo de motos aquáticas e teremos o apoio de quatro lanchas durante o passeio”, antecipou Fernando da Fonte, responsável pela Da Fonte Náutica. A empresa é concessionária em Pernambuco dos produtos que levam a assinatura da BRP, como a Sea-Doo.

“Os participantes irão conhecer a orla da região de ponta a ponta a bordo de motos aquáticas, sob um ângulo diferente. O objetivo é aproveitar ao máximo e navegar com segurança”, continuou. O percurso inclui paisagens variadas. “Partindo no mar de Maria Farinha, vamos passar por Olinda e navegar também por rio, com parada no Marco Zero de Recife para foto histórica. Depois seguimos por Boa Viagem, Piedade e Candeias, que tem muitos apartamentos a beira-mar”, concluiu.

A equipe da Da Fonte Náutica está à disposição para mais informações sobre o evento no telefone (81) 3325-1022. A organização do Jet Tour Sea-Doo exige o uso dos equipamentos de segurança e a apresentação da habilitação náutica por parte dos pilotos. A Sea-Doo patrocina a campanha Navegue Seguro, da Marinha do Brasil, a qual trabalha a conscientização sobre o uso responsável das motos aquáticas.

Publicado em BRP Sea-Doo, Jet Tour Sea-Doo Com a tag , , , , , , |

Represa de Guarapiranga recebe etapas da Copa São Paulo e Brasileiro de Jet Ski

A Represa de Guarapiranga, em São Paulo, reunirá entre 29 a 31 de agosto os melhores pilotos de jet ski do país para a etapa de abertura da Copa São Paulo.
Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Foto: Ricardo Fucks/Fotojetski

O evento também será válido pela quarta e última prova do Campeonato Brasileiro de Jet Ski – Grand Prix 2014.

O presidente da Associação Brasileira de Jet Ski (BJSA), Luiz Marcelo Teixeira (Pardal), lembra que a entidade organiza o Campeonato Brasileiro há 27 anos e durante muito tempo também foi responsável pelo Campeonato Paulista.

“Como temos o objetivo de promover cada vez mais a modalidade, estamos lançando a Copa São Paulo, em duas etapas nesta primeira edição. As disputas serão na Represa de Guarapiranga, que oferece excelentes condições técnicas e de infraestrutura. A pontuação também será válida pela última etapa do Brasileiro, o que deixa perspectivas de grandes disputas. A segunda etapa da Copa São Paulo será durante a Virada Esportiva, em setembro”, explicou.

Pardal explica que a Copa São Paulo deverá contar com a participação de pilotos de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Santa Catarina, Paraná e Distrito Federal, além de convidados do Uruguai, Paraguai e Argentina.

A etapa de agosto também presenciará a disputa das vagas para o Campeonato Mundial, que será realizado de 4 a 12 de outubro, em Lake Havasu, nos Estados Unidos.

Publicado em Jet Tour Sea-Doo

Comunicado de Recall – SEADOO SPARK

Transmitimos o COMUNICADO DE RECALL DE SEGURANÇA das motos aquáticas SEA-DOO SPARK ano/modelo 2014.

Clique na imagem abaixo para ampliar e ler, na íntegra:

Para mais informações, sugerimos contatar o seu revendedor autorizado da BRP Brasil ou o Departamento Pós-Venda (19) 3783-9600

Publicado em RECALL Com a tag |

SEA-DOO Jet Tour navega pelo litoral cearense

De Fortaleza a Praia de Flecheiras, passeio para motos aquáticas promete belas paisagens neste sábado.
Fonte: Mundo Press

O Jet Tour Sea-Doo deste sábado navega pelas belezas do litoral cearense. Direcionado a proprietários de motos aquáticas de todas as marcas, o passeio terá início em Fortaleza com destino a Praia de Flecheiras, a oeste. As belas paisagens, vistas do mar, prometem surpreender os participantes.

“Vamos passar por praias belíssimas, como Icaraí e Cumbuco, até chegar em Flecheiras, onde haverá uma peixada nos aguardando”, antecipou Lucas Barroso, da Terrabella Motors, concessionária dos produtos BRP na capital cearense – o que inclui as motos aquáticas Sea-Doo.

Flecheiras oferece tranquilidade e belos coqueirais, além de piscinas naturais. A ideia do Jet Tour Sea-Doo é justamente mostrar as diversas opções que a moto aquática proporciona. “A expectativa é grande, já que muitas pessoas do grupo costumam navegar com mais frequência em lagos. Queremos levar o pessoal para o mar e mostrar outro ângulo. O passeio terá cerca de 3h30 de duração”, concluiu Barroso.

Para mais informações, os interessados devem procurar a equipe da Terrabella Motors no telefone (85) 3265-2000. A organização do Jet Tour Sea-Doo exige o uso dos equipamentos de segurança e a apresentação da habilitação náutica por parte dos pilotos. A Sea-Doo patrocina a campanha Navegue Seguro, da Marinha do Brasil, a qual trabalha a conscientização sobre o uso responsável das motos aquáticas.

Publicado em BRP Sea-Doo, Jet Tour Sea-Doo Com a tag , , , , , , |

Passeio para motos aquáticas tem Sergipe e Bahia no roteiro

Jet Tour Sea-Doo navega por rio e mar neste domingo, de Itaporanga D’ Ajuda (SE) até Mangue Seco (BA).
Fonte: MundoPress

As belezas do litoral de Sergipe e da Bahia estão no roteiro do Jet Tour Sea-Doo deste domingo. O passeio para proprietários de motos aquáticas de todas as marcas parte de Itaporanga D’ Ajuda (SE), nas margens do Rio Paripueira, e segue pelo mar até Mangue Seco (BA).

“A navegação será calma, apenas no encontro do rio com o mar que a água fica um pouco mais agitada, na Praia do Saco, ainda em Sergipe. Vamos seguir por mar até a Bahia, onde poderemos avistar as dunas de Mangue Seco, praia famosa pelas gravações da novela Tieta”, resumiu Matheus Cerqueira, da Sport Jet, concessionária dos produtos BRP em Aracaju (SE) – o que inclui as motos aquáticas Sea-Doo.

O passeio terá entre três e quatro horas de duração, incluindo parada para almoço no povoado de Terra Caída, na Bahia. O ponto de encontro do evento será o Condomínio Porto Bello, em Itaporanga D´Ajuda (SE), mesmo local do test drive com os produtos Sea-Doo marcado para sábado. Os interessados podem efetuar inscrições e obter mais informações com a Sport Jet, no telefone (79) 9960-4222.

Durante as atividades, a organização exige a utilização dos equipamentos de segurança e a apresentação da habilitação náutica por parte dos pilotos. A Sea-Doo patrocina a campanha Navegue Seguro, da Marinha do Brasil, a qual visa a conscientização sobre o uso responsável das motos aquáticas.

Publicado em BRP Sea-Doo, Jet Tour Sea-Doo Com a tag , , , , , , , |

Espaço Casarini BRP atrai atenções em Campos do Jordão/SP

Movimentação é grande no estande que traz os veículos Can-Am e as motos aquáticas Sea-Doo, além dos motores de popa da Evinrude. Fonte: Mundo Press

Espaço Casarini BRP 2014 em Campos do Jordão/SP - Foto: Divulgação/Casarini

A temporada de inverno tem forte movimentação no Espaço Casarini BRP em Campos do Jordão, localizado no coração do Bairro Capivari, principal point dos visitantes da estação turística do interior paulista. Até o dia 27 de julho, o público poderá conferir de perto os veículos on-road e off-road da Can-Am, as motos aquáticas da Sea-Doo e os motores de popa da Evinrude. O estande funciona de quinta-feira a domingo, das 10h às 19h.

Este é o quarto ano consecutivo que a BRP marca presença na temporada de inverno em Campos de Jordão, portanto os clientes já esperam pelo nosso espaço. O lugar tem a temperatura certa e muita relação com o público que se identifica com os produtos BRP. A iniciativa é importante e traz ótimos resultados para a marca”, comentou Deninho Casarini, das concessionárias Casarini.

O mês de julho está repleto de atrações no Espaço Casarini BRP. Haverá test drive com as máquinas da Can-Am em todos os finais de semana, com exceção dos dias 12 e 13, por conta do jogo final da Copa do Mundo. O Can-Am Adventure Tours, passeio direcionado a proprietários de quadriciclos e UTVs de todas as marcas, agita as trilhas da região no dia 19.

Na mesma data, a Comunidade Spyder pega a estrada com destino a Campos do Jordão para mais um roteiro de sucesso. O passeio reúne os proprietários do roadster da Can-Am, referência em tecnologia e conforto no asfalto.

Espaço Casarini BRP – Campos do Jordão 2014
Endereço: Avenida Emílio Ribas, 1074 – Bairro Capivari
Até o dia 27 de julho, de quinta-feira a domingo, das 10h às 19h.

Publicado em Jet Tour Sea-Doo Com a tag , , |

Confira dicas de segurança com sua moto aquática

Aventura, adrenalina, diversão e também responsabilidade: Tudo isso envolve um bom passeio de moto aquática. Por isso, antes de se jogar na água, é importante estudar algumas regras para garantir a própria segurança, a dos acompanhantes e banhistas.
Fonte: Bom Barco

Foto: Divulgação BRP

Para lhe ajudar nessa lista, conversamos com Alexandre Gregório de Moraes, responsável pelo pós-venda das motos aquáticas Sea-Doo. Abaixo você confere as considerações mais importantes ao pilotar um jet ski e fica pronto para se divertir de forma 100% segura.

Regras básicas para um skier:
Ter mais de 18 anos e ser habilitado como motonauta pela Marinha do Brasil.

Periodicidade de manutenção

Após a utilização, é fundamental que sejam realizadas as manutenções na moto aquática, incluindo adoçamento, limpeza e lubrificação para evitar a deterioração de borrachas e plásticos, assim como a oxidação das partes metálicas. O adoçamento consiste em ligar uma mangueira com água doce no sistema de refrigeração do escapamento – ou do motor, para os modelos mais antigos.

Outra dica importante e que muitos novos usuários não sabem é que uma moto aquática não pode funcionar fora da água por mais de dois minutos com a mangueira acoplada e água doce corrente. Apesar de existir água fluindo, o procedimento pode causar superaquecimento e danos ao motor e ao sistema de escapamento. Os jet skis trocam calor com a água onde estão sendo utilizadas, e a entrada que permite o adoçamento só serve para eliminar o resíduo de água salgada ou do rio.

Além disso, cada concessionária estabelece o plano ideal para manutenção e revisão, que inclui troca de óleo, filtros e itens de desgaste natural.

O que verificar antes de comprar

1.     O freio é atualmente o principal item de segurança em uma moto aquática, pois permite realizar desacelerações repentinas e até paradas de emergência evitando impacto e atropelamentos.

2.     A escolha do modelo do casco de acordo com o tipo de navegação, em águas calmas ou mar aberto.

3.     Sistema de interrupção do motor em caso de queda (chave presa ao colete que desliga a unidade automaticamente em caso de queda).

Segurança do passageiro

Para levar um passageiro, o condutor deve estar familiarizado com todos os comandos antes de acelerar acima da velocidade de marcha lenta, sempre tendo ciência de que os diversos modelos de motos aquáticas não se comportam da mesma maneira. Também é importante que o condutor indique informações básicas aos passageiros sobre o funcionamento da embarcação e onde os equipamentos estão guardados. Todos precisam sempre utilizar coletes salva-vidas, e o passageiro deve ser instruído a utilizar os puxadores existentes ou segurar-se na cintura da pessoa da frente. Cada passageiro deve ser capaz de colocar simultaneamente os dois pés inteiros no fundo de cada encaixe de pé quando sentado adequadamente.

Dicas adicionais

Respeite a capacidade máxima de carga e número de pessoas.

Não se esqueça do colete salva-vidas, que deve ser aprovado pela legislação brasileira, e estar de acordo com o peso e tamanho do usuário.

Fique atento ao prazo de validade da carteira de motonauta.

Uma boa plataforma de embarque e escada são importantes no reembarque com segurança em águas mais turbulentas.

Com preparo e responsabilidade a diversão é garantida!

Publicado em Jet Tour Sea-Doo Com a tag , , , , , , |

Saiba como praticar Wakeboard com segurança

O Wakeboard é considerado o esporte aquático que mais cresce no mundo em número de praticantes. Essa febre é uma mistura de surf com snowboard, que vem conquistando uma legião de fãs por onde passa.
Fonte: Bom Barco

Foto: Dilvugação Red Bull PremiereNa teoria, o esporte parece ser bem simples. Uma prancha, um manete, uma corda e um barco é o que você precisa para começar. E então, a pessoa é rebocada pelo barco, surfando, saltando e, dependendo do nível de treinamento, fazendo manobras radicais.

Agora, na prática, a história muda de figura. Primeiro o esportista deverá se manter em pé enquanto é puxado pela lancha. Ao mesmo tempo, o piloto faz curvas e navega em velocidade consideravelmente alta. Depois de conseguir ficar em pé por bastante tempo vem o desafio de fazer as manobras. Se você não se importa muito com acrobacias pode ficar apenas ‘surfando’, pois já estará sentindo adrenalina suficiente para se apaixonar pela modalidade.

Quem leu a matéria até aqui com certeza ficou curioso em conhecer o esporte e se aventurar nas águas de alguma represa ou em alto mar. Mas como todas as modalidades esportivas e, principalmente as aquáticas, alguns cuidados são extremamente necessários e indispensáveis antes de se arriscar por aí.

Onde praticar

Por ser uma atividade de velocidade e forte impacto, o Wakeboard deve ser praticado apenas em alto mar, represas ou em locais exclusivos para isso, bem longe de banhistas ou locais rasos e com muitas pedras. Tudo isso para garantir a própria segurança, já que você será arremessado na água constantemente (até adquirir equilíbrio e domínio da sua prancha), e, é claro, para garantir a integridade de pessoas que não estão praticando o esporte.

Se você não tiver todos os equipamentos e precisar alugar ou se tem necessidade de algumas aulas de Wakeboard, é importante verificar, antecipadamente, se a empresa é idônea e conta com uma equipe de profissionais instruídos. Para iniciar as atividades, é indispensável o uso de equipamentos de segurança que estejam de acordo com seu peso e tamanho, como o colete salva vidas e uma roupa de borracha. Mas se você não sabe nadar não deve se arriscar nem com equipamentos de segurança.

Confira alguns lugares para praticar o esporte:
Represa de Atibainha, Nazaré Paulista (SP) - A represa faz parte do Sistema Cantareira e fica a apenas a 1h30 de São Paulo. O sistema abrange 12 municípios, sendo quatro deles de Minas Gerais Camanducaia, Extrema, Itapeva e Sapucaí-Mirim) e oito em São Paulo (Bragança Paulista, Caieiras, Franco da Rocha, Joanópolis, Nazaré Paulista, Mairiporã, Piracaia e Vargem).

Represa de Itupararanga, Ibiúna (SP) - Fica a 80km da capital e é formada pelos rios Sorocabuçu, Sorocamirim e Uma, formadores do rio Sorocaba. A represa foi construída pela Light em 1914 e banha os municípios de Ibiúna, Piedade, Mairinque, Alumínio e Votorantim.

Represa do Jaguari, Bragança Paulista (SP) - A represa tem 50 km² e também faz parte do Sistema Cantareira, formada pelos rios Jaguari e Jacareí. É considerado um espaço ideal para os esportes náuticos por ter um diferencial importante para a boa prática do wakeboard: a água limpa.

Lagoa Rodrigo de Freitas, Rio de Janeiro (RJ) - Possui águas calmas que atraem atletas de todos os níveis, inclusive profissionais. Palco da disputa do Circuito Carioca de Wakeboard e Circuito Mundial, a Lagoa também tem espaço dedicado aos iniciantes.

Lago do Tarumã, Manaus (AM) - O Amazonas é atualmente considerado o segundo polo mais procurado no país para a prática de wakeboard, depois de São Paulo, devido à estrutura encontrada. A popularidade do local é tão grande que se tornou uma das etapas do Circuito Brasileiro de Wakeboard. Em Manaus, estão disponíveis as duas opções de Wake: de barco e também de cabo.

Segurança e preparação

Durante a prática do esporte, nunca coloque o braço, a cabeça ou qualquer parte do corpo por dentro do manete e não enrole o cabo de ligação com a lancha na sua mão ou no seu braço.

Para Tess Abreu, da Associação Brasileira de Wakeboard, qualquer pessoa pode praticar esta modalidade, mas se você pretende virar um praticante ou atleta de Wake é importante se manter em forma, cuidar da alimentação, fazer exercícios regularmente e se alongar antes de entrar na água, pois esta atividade exige muita força do esportista, principalmente nos braços, o que torna as dores ao fim da prática muito comuns.

Vitor Cordeiro, pai do atual campeão brasileiro de Wakeboard profissional, Victor Cadette Cordeiro, de 15 anos, afirma que quanto mais cedo o atleta começar o esporte, melhor para a preparação física durante a atividade. “Começando cedo, o risco de lesões é bem menor, pois já aprende a cair, e as articulações suportam melhor. A preparação física (musculação) também é fundamental,” conta Cordeiro.

O pai do atleta aconselha que quem estiver interessado em começar a modalidade, deve procurar um professor, pois é mais seguro e o processo de aprendizagem se torna mais rápido. Além disso, deve seguir algumas práticas do seu filho como descansar e manter uma alimentação equilibrada. “Quando estiver na água, é importante não exceder 30 minutos de treino, já que praticar o esporte cansado aumenta o risco. E é claro, sempre usar colete salva-vidas”, acrescenta.

Responsabilidade do comandante

Para quem deseja se aventurar por conta própria também é preciso ficar atento. Se você já tem um barco ou deseja comprar um, antes de sair rebocando alguém você precisa estar habilitado pela Marinha do Brasil para pilotar qualquer tipo de embarcação.  O piloto é o maior responsável pela segurança de todos a bordo, inclusive do esportista.

Antes de sair com o barco verifique todos os itens de segurança como coletes salva-vidas, extintores, boia circular e luz de navegação e emergência. É importante, também, ter produtos de primeiros-socorros e ferramentas para atender emergências.

Para se manter longe de acidentes é importante navegar distante de margens, costas e regiões com banhistas. Fique atento ao esticar o cabo que reboca o atleta e oriente os passageiros a ficarem atentos também, pois o cabo pode enroscar e machucar alguém.

Certifique-se de que as pranchas e demais equipamentos estão bem presos ao barco, para que não caiam nos passageiros e sempre que for resgatar o praticante de wakeboard da água desligue a embarcação.

Além disso tudo, é importante que você se intere, se informe e conheça o esporte. Depois, é só se divertir e entrar para o time de amantes e adeptos do Wake.

Publicado em BRP Sea-Doo Com a tag , , , , , |